Dicas: Conseguindo clientes durante a crise

É inegável que o país está passando por um momento difícil economicamente, mas não se desespere! Separamos algumas dicas para se manter como fotógrafo e ainda aumentar a clientela, confira.

blog_crise.jpg

Com a recente crise, profissionais que antes possuíam diversos trabalhos agendados ou mesmo aqueles que recém-entraram no mercado com expectativa de crescimento ficam um pouco sem perspectiva.

No entanto, esse tipo de situação não é absolutamente sem solução. É possível você utilizar pequenos recursos, porém extremamente objetivos e racionais, para fazer com que esse momento de dificuldade para você que ganha a vida ou mesmo complementa a sua renda com filmagens profissionais ou sessões de fotografia possa se manter com a menor margem de prejuízo possível.

quatro-dicas-rapidas-para-aumentar-o-numero-de-clientes-em-fotografia-eMania-22-05

O melhor de tudo é que, em muitas oportunidades, olhamos para essas medidas com certa resistência sem fazer ideia de que, se aplicadas da maneira correta e com a devida seriedade, é possível fazer sim com que elas sejam efetivas e funcionais.

Acompanhe as dicas e emplaque o seu trabalho!

Clientes

As primeiras dicas são voltadas para você que está em busca de aumentar ou renovar seus clientes e área de atuação.

O seu trabalho precisa ser visto: Mostre-o mais!

Eu sei que muitas vezes parece uma medida muito principiante, mas um trabalho só consegue efetivamente emplacar se ele estiver presente nos mais diversos lugares possíveis e atingindo de maneira clara e atualizada o seu público. Logo, se você não atualiza suas redes sociais ou mesmo o site sobre o seu portfólio, as coisas dificilmente vão melhorar.

É preciso que você tenha regularidade tanto em mostrar seus novos conhecimentos como também nos trabalhos desenvolvidos, mostrando as pessoas que você se interessa em evoluir sempre!

Deixe claro onde você pode chegar

Mesmo as pessoas que tem um conhecimento menor na arte da fotografia, mostre com absoluta clareza todos os cursos, técnicas, equipamento fotográfico, de edição, enfim, todos os recursos que você tem no sentido físico e de conhecimento sobre a área devidamente relatados. Dessa maneira, você poupa o seu tempo e também o tempo de quem procura alguém com especialidades mais específicas.

 

Apoie uma causa nobre

Além da questão de melhoria da sua imagem, é extremamente bonito e honroso utilizar o dom da fotografia e, com um jogo de luzes, lentes e outros recursos, conseguir arrancar um sorriso, um abraço ou mesmo doações para uma instituição de caridade. Procure próximo a sua residência ou estúdio fotográfico algum tipo de companhia que faça esse trabalho e, através dessa parceria, você conseguirá unir o útil ao extremamente agradável.

pexels-photo-276866.jpg

Parceira com fornecedores

Se você trabalha com eventos, as produtoras mais presentes em sua cidade ou região podem ser contatadas e, em troca de algum serviço, pode-se gerar uma nova fonte de clientes antes não atingida. Assim como a área de casamentos, aniversários, fotos de e-commerce etc. Dentro dessa medida, as possibilidades são infinitas e a possibilidade de resultados são bem positivas.

 

Preços

Para saber como cobrar um preço justo durante a crise separamos mais algumas dicas.

Custos

pexels-photo-134469.jpg

Faça uma varredura completa nos seus custos, separando as despesas de funcionamento do negócio como aluguel, taxas (luz, condomínio) e equipamento, das despesas com serviço/cliente como diagramação, encadernação de álbuns, segundo fotógrafo, etc.

Separadas as despesas, ordene das maiores para as menores e veja quais podem ser reduzidas ou cortadas. Tente também renegociar com os fornecedores e busque parceriais (como explicado acima).

 

Novos Produtos

A crise ou recessão nada mais é do que uma redução geral nas rendas da população, com isso muitos clientes reduzem os seus orçamentos. Sendo assim, você deve criar novos produtos/serviços para atender esta demanda, como: sessões mini-wedding, cobertura de recepções mais simples, promoções de indicação, etc. Ser flexível, com um orçamento customizado para cada cliente se necessário.

Nesses tempos de crise, procure soluções criativas, quanto cobrar na verdade é uma relação de Valor x Preço. Tome cuidado se for abaixar os preços para não influenciar na forma com a qual seus clientes percebem seus serviços. Uma percepção de valor maior pode afastar clientes sem orçamento porém um serviço visto como um valor muito baixo afasta qualquer pessoa.

Crie novas opções para adequar ao bolso de cada tipo de cliente!

Monitore o Mercado

Faça uma pesquisa detalhada levando em consideração a região, serviços e produtos oferecidos e classe econômica do público para o qual atua. Procure saber quanto os concorrentes estão cobrando e quanto os clientes querem pagar. Converse com clientes atuais e antigos e peça um feedback sobre valores e que tipos de serviços eles tem visto.

Concluindo

Se você seguir os conselhos deste post com certeza conseguirá passar pela crise com mais confiança e até novas oportunidades! Para fechar com chave de ouro e aumentar ainda mais seus clientes conheça nossa plataforma de venda de fotos, acesse: Link

 

perspective_mockup.jpg

Fontes (adaptado): https://blog.emania.com.br/ & http://marketingparafotografos.com.br/

Anúncios

Um comentário em “Dicas: Conseguindo clientes durante a crise

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s